Potencial Pleno realiza a 5ª edição do Eleve-se em outubro

Imersão é um convite para pausar, compreender sobre aquilo que está te impedindo de avançar, e criar asas com envergadura para voar, ou seja, elevar -se para outro nível

A Potencial Pleno realiza o Eleve-se, uma imersão de dois dias voltada para o autoconhecimento e desenvolvimento pessoal. A quinta edição acontece nos dias 28 e 29 de outubro e é um convite para a mudança, para a compreensão das crenças limitantes de cada um e como removê-las em busca de uma vida plena.

Elevar-se, no dicionário, remete a verbos como fazer subir ou subir; levantar(-se); erguer(-se); e voltar(-se) para o alto. Mas para a idealizadora do Eleve-se, a mentora Carol Costa, essa ação possui um significado ainda mais amplo: atingir um nível acima. E foi com essa proposta que ela criou a imersão, que já impactou mais de 10 mil pessoas em quase três anos.

Carol Costa explica que foram os próprios alunos, que participavam de outros programas da Potencial Pleno e que estavam em busca de uma guinada na sua carreira ou na sua empresa, que a estimularam a criar o Eleve-se.

“Essa imersão se tornou, naturalmente, um complemento das outras soluções que oferecemos. Nossos próprios alunos perceberam que precisavam mudar de nível em alguma esfera da sua existência para alcançar uma vida próspera, em todos os sentidos. Afinal, quem tem a saúde comprometida, não consegue se dedicar aos seus relacionamentos ou dar 100% da sua capacidade e talento na empresa, o que prejudica os resultados financeiros. Por isso, a imersão se concentra nos quatro pilares: saúde, relacionamentos, trabalho e finanças. Todos esses elementos precisam estar alinhados para que sejamos seres inteiros. E se uma dessas metades não estiver bem, a outra sofrerá os efeitos colaterais. E é a busca do equilíbrio em todas essas partes que os participantes encontram no Eleve-se”, explica Carol Costa.

Jornada de Transformação

Carol Costa acrescenta que a imersão não é apenas para iniciantes porque, em cada fase da vida, ajustes precisam ser feitos para que aconteça um upgrade, ou seja, a elevação para outro nível. “Somos sujeitos inacabados porque a vida não é linear e, às vezes, nos prega peças. Em vários momentos nos sentimos num labirinto: quando há a perda de um ente querido, quando os filhos deixam a casa dos pais, quando fracassamos no nosso trabalho, quando adoecemos. Há surpresas que não podemos controlar e essas são as mais dolorosas, mas mesmo as adversidades menores, como a dificuldade de perder peso ou a falta e coragem para uma transição de carreira, exigem de nós o aumento da nossa força vital para a transgressão, para sair do casulo e virar borboleta. E essa é a missão do Eleve-se. Ele funciona como um auto resgate quando alguma esfera da nossa vida estiver em descompasso”, aponta Carol Costa.

O empresário Eduardo Santos, proprietário da Drifft Car Multimarcas, acredita que a imersão é ideal para quem busca sair da zona de conforto e acelerar o processo de mudança. “Para você atingir o seu objetivo é necessário correr atrás. E a imersão deixa o teu caminho muito mais fácil. Você pode até ir correndo, mas o Eleve-se te leva onde quer chegar de avião”, salienta.

Conexão com a força vital

O Eleve-se trabalha com a força vital (conceito que ficou conhecido com o documentário “O Método Stutz”, na Netflix), em três níveis. O primeiro é na relação consigo mesmo, é a capacidade de estar permanentemente em busca do autoconhecimento. “É não ter medo de se olhar no espelho, de compreender suas crenças limitantes, de se libertar dessas correntes. Reconhecer os gatilhos, as travas que nos impedem de crescer é o primeiro passo para a mudança”, argumenta Carol Costa.

O segundo nível é a relação com as outras pessoas. Afinal, são os relacionamentos que são a nossa verdadeira conexão com a vida. “Pesquisadores de Harvard, de diferentes gerações, levaram 85 anos para concluir um estudo que tentou descobrir o que traz felicidade para a vida. Eles reuniram registros de saúde de 724 participantes de todo o mundo, desde 1938, e fizeram perguntas detalhadas sobre suas vidas, em um intervalo de dois anos. A conclusão foi a de que a carreira, o dinheiro, a dieta saudável ou um corpo perfeito não são a resposta para encontrar a felicidade. A alegria genuína está nos relacionamentos positivos. Esse é o fator que mantém as pessoas mais felizes, saudáveis e longevas. Por isso, os relacionamentos estão no palco do Eleve-se”, avalia Carol Costa.

O terceiro nível é a relação com o corpo. O Eleve-se funciona como um diagnóstico sobre sua saúde física e emocional: como estão suas noites de sono?; em quantos minutos você faz suas refeições?; quais são os alimentos que compõem seu prato?; quantos minutos você dedica às atividades físicas por semana? sua fome é fisiológica ou emocional?; como você lida com suas emoções?.

No pilar da saúde, tudo isso é colocado em voga para provocar uma reflexão: como você está cuidando do seu casulo, que irá te acompanhar para o resto da vida? “Nosso corpo é a morada do nosso espírito e irá nos acompanhar até o fim dessa jornada. E se não cuidarmos dele, as consequências inevitáveis surgirão com o avanço da idade. É neste momento que abordamos a medicina integrativa, que olha o paciente como um todo”, pontua Carol.

Resolvidas essas três questões da força vital, as finanças fecham o ciclo de prosperidade do Eleve-se. Na última etapa, os praticantes são convidados a compreender a sua relação com o dinheiro, que também é importante para uma vida próspera.

O contador Valdinei Silva acrescenta que participar do Eleve-se é uma experiência única e que os participantes devem estar preparados para levar uma sacudida.

“O Eleve-se é único! Essa energia que eu senti aqui, eu nunca senti em lugar nenhum. Quem estiver lá tem que estar pronto para levar uma chacoalhada mesmo. E acho que todo mundo merece uma chacoalhada nessa na vida para acordar um pouco e aprender que pode mais do que pensa”, enfatiza.

Na quinta edição, o Eleve-se acontece no Espaço Spot 105 Eventos (Rua Ernesto Durigan, 105, Santa Felicidade). As inscrições já estão abertas e podem ser feitas no nosso site https://www.potencialpleno.com.br/eleve-se .

By Mirella Pasqual

Sou jornalista formada pela Universidade Positivo. Sou mãe do Benício e de três vira-latas, o Raj, o Thor e a Mia. Minha coluna fala sobre moda, empreendedorismo e saúde! Sejam muito bem-vindos 😊

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *