Toda a diversidade e a riqueza da cultura popular do Paraná voltam a ser reunidas num
mesmo palco. O festival Encontro de Tradições ganha sua quarta edição nesta quinta (16/5) e sexta-feira, com entrada franca, em Adrianópolis (a 130 quilômetros de Curitiba). O evento traz ingredientes como música, dança, artesanato, fotografia e até um baile de Fandango no encerramento.

No total, terá 12 apresentações de grupos que representam várias regiões do estado, além de cinco exposições e três oficinas e vivências. A programação acontece no Ginásio de Esportes de Adrianópolis e numa grande tenda montada ao lado (Rua Alcides Dias Batista, s/n – Centro).

No dia 16, quinta-feira, ocorre das 9h às 18h, e no dia 17, sexta, das 9h às 22h. O evento tem produção da Olaria Projetos de Arte e Educação, com apoio da Prefeitura de Adrianópolis e Realização da Lei Paulo Gustavo – Paraná, Secretaria de Estado da Cultura – Governo do Paraná, e Ministério da Cultura –
Governo Federal.

Entre os grupos e mestres tradicionais que participam, estão: o Grupo Escola de Capoeira Saber Ancestral (Curitiba), Boi de Mamão da Associação Mandicuera (lha dos
Valadares), Bumba Meu Boi do grupo Anjos da Guarda (Maringá), Fandango com
Mestre Aorelio e Grupo Mandiquera (Ilha dos Valadares), Grupo Cultural Indígena TÃNH PRÁG, da Terra Indígena Rio das Cobras, (Nova Laranjeiras). Haverá ainda oficinas e vivências sobre culinária quilombola, sementes crioulas e grafismo indígena, além de uma feira de artesanato.

As exposições que serão apresentadas durante o evento percorrem diferentes temas e etnias que formam o Paraná, com os temas Retratos da Congada Ferreira (da Lapa), Trajes Ucranianos do Grupo Vesselka (de Prudentópolis), painéis pedagógicos sobre o projeto Tocadores na Escola e, ainda uma retrospectiva das outras três edições do Encontro de Tradições.

O evento homenageará a Mestra Clarinda Andrade de Matos, liderança e guardiã das tradições culturais do quilombo de João Surá, uma das comunidades quilombolas da cidade de Adrianópolis. Entre as homenagens para ela – que faleceu recentemente – está a exposição Mestra Clarinda, que integra a programação do evento e será doada à Comunidade Quilombola de João Surá.

Encerrando o evento no dia 17, acontece um Baile de Fandango, com o Mestre Aorelio
e seu grupo Mandicuera, ensinando os passos desta dança tradicional e convidado
todos para fandanguear junto com os integrantes.

HISTÓRIA CULTURAL

O Encontro de Tradições surgiu em 2017, com uma primeira edição em Antonina,
reunindo artistas e grupos de todo o estado. Em 2019, teve uma segunda edição em
Palmeira e, em 2022, em Curitiba. O evento dá continuidade ao extenso trabalho de
documentação da produtora Olaria Projetos de Arte e Educação em divulgar tradições populares ao longo de 26 anos. Todas as edições destacaram importantes manifestações culturais brasileiras, passando por Congada, Folia de Reis, Folia do Divino, Cantos e danças Indígenas, tradições Afro-brasileiras e ainda trazendo as tradições de imigração presentes também por aqui como danças ucranianas, tambores japoneses, e outras atividades para toda a comunidade.

4ª Edição do Encontro de Tradições
Data: 16 e 17 de maio de 2024 – quinta e sexta-feira
Horário: quinta-feira, das 9h às 18h, e sexta-feira, das 9h às 22h
Local: Tenda na rua do Ginásio de Esportes de Adrianópolis – PR
Site: www.encontrodetradicoes.com.br
Canal: www.youtube.com/liamarchi
Instagram:
https://www.instagram.com/lia_marchi/
https://www.instagram.com/encontrodetradicoes/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *