A falência do próspero negócio da família marcou a adolescência de Rafael Franco. Ele viu o restaurante que a mãe e o pai administravam ser um grande sucesso: na pequena cidade de Itatiba (SP), o La Baguette era o “point” dos universitários, recebendo centenas de pessoas todos os dias. As vendas chegavam a 800 lanches diários, com elogios ao sabor e qualidade. O adolescente ia à loja todos os dias, participando de todo esse processo. Porém, a gestão familiar falhou e o negócio naufragou diante de seus olhos.

                Em 2014, Franco mudou-se para Curitiba para assumir um novo emprego como profissional de Tecnologia da Informação. Apaixonou-se pela cidade e foi na capital paranaense que resolveu montar uma nova La Baguette, juntamente com a esposa Caroline. As receitas de família foram retomadas, bem como todo o capricho que fez o sucesso da marca. A busca por um ponto comercial especial foi premiada com um imóvel que é Patrimônio Histórico, bem no centro da cidade, próximo à conhecida Rua 24 Horas. Assim, o novo restaurante nasceu em 2019, no mesmo casarão onde o famoso escritor curitibano Dalton Trevisan passou a infância. Para uma nova trajetória, a gestão da La Baguette foi profissionalizada. Além das saborosas baguetes, o cardápio ganhou saladas, sopas, cafés e sobremesas.

                Logo que abriu, em julho de 2019, o restaurante chamou a atenção e a casa vivia cheia, inclusive com filas na hora do almoço. Porém, veio a pandemia e foi necessário fechar por vários meses. “Nenhum funcionário foi demitido, mas vimos que seria preciso implementar uma alternativa, um serviço de delivery muito rápido. E foi o que fizemos”, conta o empresário. A agilidade foi fundamental para evitar uma crise ainda maior. O La Baguette aderiu à plataforma iFood e também criou um delivery próprio.  Foi assim que conseguiu superar a crise. Hoje, as entregas respondem por 70% do faturamento da marca, com uma taxa de retorno que supera os 80%.

                Nova perspectiva

                Agora numa perspectiva de pós-pandemia, o empresário se prepara para a expansão do La Baguette. O primeiro passo foi a criação do happy hour e a abertura de um espaço externo para receber os clientes. Também foi contratado um chef de cozinha para criar novos sabores de baguetes. “Estamos ampliando o espaço e horário de atendimento, investindo em infraestrutura e contratando mais funcionários. Tudo de olho no modelo de negócio que queremos”, explica Franco. Hoje a La Baguette tem 16 funcionários e um faturamento na casa dos R$ 100 mil mensais.

                Hoje com 34 anos, Rafael Franco é um apaixonado pelo negócio, pelo sabor das baguetes e pela história construída em torno da marca. Recentemente, deixou o emprego em uma multinacional para dedicar-se inteiramente ao La Baguette. “Vejo inúmeras oportunidades de crescimento e percebi que era hora de focar exclusivamente nesse empreendimento”, justifica ele. Nos últimos meses, a empresa recebeu aporte de um investidor, garantindo capital para os próximos passos rumo à expansão.

                A ideia é transformar o modelo de negócios do La Baguette numa franquia de sucesso. A próxima etapa é a abertura de uma cozinha externa que permita ampliar o delivery e o atendimento no restaurante, além de viabilizar a abertura de novas unidades no ano que vem.  “Apesar da pandemia, nós vencemos! Agora queremos oferecer experiências aos nossos clientes, um momento especial no dia deles, do café da manhã ao jantar”, finaliza o empresário.

                O La Baguette fica na Rua Emiliano Perneta, 492, Centro, em Curitiba (PR).

Serviço:

La Baguette

Rua Emiliano Perneta, 492, Centro, Curitiba (PR)

Fone e whatsapp (41) 99237-7284.

Funcionamento: 

De segunda a sexta, das 11h às 22h, atendimento no local e delivery

Sábado das 18h às 22h, atendimento no local e delivery

Domingo apenas delivery das 18h às 22h

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.