O emocionante relato de sobreviventes da bomba atômica retorna à Curitiba para o Festival de Teatro. “Os Três Sobreviventes de Hiroshima”, que passou pela capital paranaense em 2018 e 2017 com sucesso de público, contará com duas datas dentro da mostra Fringe. O espetáculo acontece no Teatro Ebanx Regina Vogue, dias 7 e 8 de abril (sexta e sábado). Ingressos antecipados estão à venda no site do Festival (www.festivaldecuritiba.com.br) e nas bilheterias do evento.

Na peça, três sobreviventes do ataque à Hiroshima, em 1945, trazem seus relatos sobre um dos piores genocídios da humanidade. Eles relembram os momentos da explosão nuclear, o que viram, como sobreviveram, além dos dias seguintes e a imigração para o Brasil.

O espetáculo conta as histórias do ex-militar Takashi Morita e dos civis Kunihiko Bonkohara e Junko Watanabe. Morita, atualmente com 99 anos, é representado pelo ator Ricardo Oshiro e também participa por meio de vídeos. Já Bonkohara e Watanabe entram em cena pessoalmente, numa produção que adota o formato de teatro-documental, também conhecido como biodrama. Fotos originais e canções da época fazem parte da produção.

O espetáculo, dirigido e roteirizado por Rogério Nagai, deu origem ao projeto Sobreviventes pela Paz. O projeto surgiu em 2016 e tem por premissa colocar em cena sobreviventes e histórias de grandes guerras e genocídios com objetivo de trabalhar temas como a sensibilidade, empatia e solidariedade, semeando a cultura de paz.

Ainda que trate de uma tragédia, o texto leva a uma reflexão sobre a paz por onde passa, com uma forte mensagem de resiliência, perdão e superação. Colocar os sobreviventes em cena é uma maneira de mostrar a importância de propagar e manter a paz, para que acontecimentos como esse nunca mais se repitam.

Hiroshima

Em 6 de agosto de 1945, no estágio final da Segunda Guerra Mundial os Estados Unidos lançaram uma bomba atômica na cidade japonesa de Hiroshima. Três dias depois, acontece um segundo ataque em Nagasaki. Deixaram milhares de mortos e feridos, além de sobreviventes que buscaram retomar suas vidas após a tragédia. Foram os primeiros e únicos ataques nucleares sobre civis na história, que resultou entre 130 e 240 mil fatalidades.

Muitos dos sobreviventes imigraram para o Brasil. Atualmente, há cerca de 70 deles, e todos estão associados à Associação Hibakusha Brasil Pela Paz, anteriormente chamada Associação das Vítimas da Bomba Atômica no Brasil. Após ajuda médica e reconhecimento de dados destas pessoas, a associação passou a se dedicar também à propagação de mensagens de paz e pelo fim de armas e usinas nucleares.

O espetáculo é uma das ações apoiadas pela Associação. “Os Três Sobreviventes de Hiroshima” é realizado pela Nagai Produções Artísticas e Culturais, criada em 2011, em São Paulo.

Serviço: “Os Três Sobreviventes de Hiroshima” no Festival de Curitiba

Datas:  7 de abril, sexta-feira, às 20h, e 8 de abril, sábado, às 18h.

Valor: R$ 50 inteira e R$ 25 meia

Duração: 60 minutos.

Classificação: maiores de 10 anos.

Local: Teatro Ebanx Regina Vogue

Endereço: Avenida Sete de Setembro, 2775, Rebouças, Curitiba – PR

Ingressos online no site do Festival: https://festivaldecuritiba.com.br/atracao/os-tres-sobreviventes-de-hiroshima/

Bilheteria física exclusiva: Shopping Mueller (piso L3), de segunda a sábado, das 10h às 22h; domingos e feriados, das 14h às 20h.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *