Uma nova safra de drinks chega ao Restaurante Maria Eugênia. A casa lança uma carta de coquetéis especialmente voltada para o verão, recheada com 10 novidades, três delas sem álcool. Criados pelo bartender da casa, Gian Victor, podem ser aproveitados no almoço e no jantar. Frutas, destilados premium, especiarias, infusões e xaropes artesanais se misturam nesta seleção que foi pensada para combinar com os dias e noites quentes do verão que se aproxima.

Gian Victor está na casa desde a abertura, quando a maioria das criações da carta foi assinada pelo colega Ariel Todeschini, um dos bartenders mais reconhecidos de Curitiba, que prestou consultoria para a inauguração. Nesta segunda carta, Gian solta sua imaginação e traz criações autorais e releituras bem pessoais de alguns clássicos, inspirado pelas temperaturas em alta.

“Pensamos em trazer algo diferente, com drinks que não costumamos ver pelos bares, e que também fossem refrescantes e combinassem com a exuberância da natureza que nos cerca por aqui”, conta Gian Victor. Aos 33 anos, ele já tem uma boa experiência: começou aos 16, ajudando o pai atrás do balcão do lendário bar underground 92 Degrees.
Depois passou pelo balcão do Bar da Produção, fundado pelos pais, onde mergulhou em definitivo na alquimia proporcionada por infusões, xaropes caseiros e ingredientes especiais, entre 2011 e 2016. Em carreira solo, fez consultorias e atuou no mercado de vinhos e cerveja artesanal, até que no ano passado foi contratado pelo Restaurante Maria Eugênia.

Entre as novidades autorais que agora apresenta, ela destaca o Mango Fizz e o Sour Breeze. O primeiro leva Gin Tanqueray, purê de manga e gengibre caseiros, suco de limão eu um toque final de Monster Mango Loko – custa R$ 30. Já ou segundo, investe num toque ácido equilibrado para refrescar: vem com Vermuth Carpano Dry, xarope artesanal de maracujá, suco de limão, vodka Cumcuber Mint e infusão de especiarias como cardamomo, capim limão e zimbro. O preço é R$ 32.

Nas releituras, ele destaca o Café Racer (R$ 35), uma versão do Boulevardier que traz Campari, Carpano Classico, Bourbon, licor Hagen Troken e o licor de café que ele mesmo produz com grãos da marca Doppio. Há ainda o Penicilin (R$ 36), que ele cria com whisky Johnnie Walker Black Label, xarope caseiro de gengibre com mel, suco de limão e lasca de gengibre.

Mas a releitura de maior destaque vai mesmo para o Fat old fashioned, que traz o bourbon Bulleit numa infusão com cortes de bacon – uma homenagem à cozinha da casa, especializada em carnes – e mais angostura de laranja. Sai a R$ 35.

E para quem não bebe, o quer dar um tempo no álcool, a carta traz drinks aromáticos: Chá especial (xarope de morango, água com gás, morango e espuma cítrica), Chá refrescante (chá mate, suco de limão e xarope de gengibre) e o Chá de hibisco, que leva ainda xarope de morango e limão. Custam: R$ 22 o primeiro e R$ 19 os dois últimos.

Restaurante Maria Eugênia Gastronomia & Natureza
Rua Capitão Antônio Pedri, 408 – Santa Felicidade.
Horários: Quarta e quinta-feira, somente jantar, das 19h às 23h30.
Sexta-feira e Sábado, almoço do meio-dia às 16h; jantar das 19h às 23h30.
Domingo somente almoço, das 12h às 17h.
Reservas pelo WhatsApp: (41) 99788-0080.
Instagram: https://www.instagram.com/restaurantemariaeugenia/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *