CRBM6 repudia fala de participante do BBB 23

Influenciadora erra ao dizer que biomédicos não são da área de saúde e não podem realizar procedimentos estéticos

O Conselho Regional de Biomedicina do Paraná 6ª Região (CRBM6) repudia a fala da atriz e influenciadora digital Bruna Griphao. A participante do BBB 23 falou, no dia 21 de fevereiro, que os biomédicos não são da área da saúde e não podem realizar procedimentos estéticos.

Conforme a Resolução nº 197, de 21 de fevereiro de 2011, do Conselho Federal de Biomedicina, a entidade estabelece que procedimentos invasivos não-cirúrgicos na área de estética são também de competência dos profissionais da área de saúde, dentre eles estando inserido o biomédico.

“A fala da influenciadora denota amplo desconhecimento a respeito da biomedicina e suas áreas de atuação no Brasil. Entendemos que ela deveria se informar melhor ou se abster de comentários equivocados em rede nacional, especialmente quando o assunto envolve uma profissão e norma jurídica já instituída há anos pelo órgão máximo da categoria e devidamente reconhecida pela sociedade”, explica o presidente do CRBM6, Thiago Massuda.

Massuda destaca que dentro dos conselhos regionais da categoria existem comissões responsáveis pela análise documental dos profissionais biomédicos que desejam atuar na área de estética e também comissões de fiscalização. Da mesma forma, ressalta a importância de a população escolher profissionais devidamente capacitados e regulamentados antes de se expor a qualquer tipo de procedimento. “Essa recomendação vale para qualquer profissional da área da saúde”, complementa.

Atuação e procura

O CRBM6 representa mais de 4.500 biomédicos do Paraná, atua para valorizar a categoria e tem conquistado importantes vitórias para a classe, como a inclusão do biomédico no quadro de servidores da Secretaria Saúde do Paraná.

O CRBM6 tem sede em Curitiba e delegacias regionais em Campo Mourão, Cascavel, Foz do Iguaçu, Londrina, Maringá, União da Vitória, Guarapuava, Umuarama, Guaíra e Ponta Grossa. A entidade regula, orienta e fiscaliza a atividade profissional em defesa da coletividade.

Os biomédicos inscritos nos conselhos regionais podem atuar em mais de 30 áreas como acupuntura, análises clínica e ambiental, bromatológicas [avalia a qualidade dos alimentos], auditoria, banco de sangue, biofísica, biologia molecular, bioquímica, citologia oncótica, embriologia, estética, farmacologia, fisiologia, genética, hematologia, histologia, imunologia, imagenologia, informática da saúde, microbiologia, microbiologia de alimentos, monitoramento neurofisiológico transoperatório, parasitologia, patologia, perfusão, psicobiologia, radiologia, reprodução humana, sanitarista, saúde pública, toxicologia e virologia.

By Mirella Pasqual

Sou jornalista formada pela Universidade Positivo. Sou mãe do Benício e de três vira-latas, o Raj, o Thor e a Mia. Minha coluna fala sobre moda, empreendedorismo e saúde! Sejam muito bem-vindos 😊

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *