Amizade é “remédio” para a saúde física e mental

Professora de Psicologia do UniCuritiba explica como os amigos ajudam na prevenção de doenças, no combate ao estresse, no bom humor e na saúde do coração

Quer viver mais e melhor? Tenha amigos! A amizade faz bem para a saúde. Ter amigos, ser ouvido e aconselhado, receber afeto e nutrir bons relacionamentos sociais melhora a qualidade de vida e aumenta a longevidade. De acordo com a ciência, os amigos são um antídoto contra o estresse, a insônia, o mau humor, a depressão e previnem problemas cardiovasculares e neurológicos.

Uma pesquisa da Universidade de Chicago revela que pessoas sem amigos têm a imunidade mais baixa, demoram mais a curar doenças simples, como resfriados, e ficam mais suscetíveis a enfermidades. Outro artigo publicado no Journal of the American Medical Association associa a solidão a um risco mais elevado de desenvolver Alzheimer.

No Dia Internacional da Amizade, celebrado oficialmente em 30 de julho para marcar a “cultura de paz e não violência” proposta pela ONU, a psicóloga Daniela Jungles reforça a importância dos amigos para a saúde física e mental.

“Quando as pessoas nutrem relacionamentos sociais saudáveis e valorizam as amizades, o organismo responde positivamente, aumentando a sensação de bem-estar e prazer”, explica a professora do curso de Psicologia do UniCuritiba – instituição que integra a Ânima Educação.

Estar em boa companhia ajuda na liberação de ocitocina, endorfina, serotonina e dopamina – substâncias químicas produzidas pelos neurônios. Esse “quarteto da felicidade” fortalece o sistema imunológico, melhorando a saúde física e psicológica.

Seja influenciado por bons amigos

Segundo Daniela Jungles, mestre em Ciências da Educação pela Universidade de Sherbrooke (Canadá) e palestrante na área de saúde mental e qualidade de vida, sempre vale a pena reforçar a importância dos amigos.

“Uma amizade é capaz de nos influenciar positivamente na mudança de hábitos de vida. Os amigos não são excelentes companhias somente nas festas e momentos de lazer. Eles são aliados em momentos difíceis e são suporte em tarefas do dia a dia, do trabalho ou da escola. É preciso valorizar um amigo que nos leva para a academia, nos apresenta um bom roteiro de viagem ou nos incentiva a parar de fumar”, comenta.

Décadas de estudo

O valor dos bons amigos não chega a ser novidade, pelo menos para a ciência. Em 1937, pesquisadores da Universidade de Harvard lideraram um dos maiores estudos sobre a saúde humana e concluíram: a saúde e a longevidade não dependem apenas da genética e da alimentação, mas também dos amigos.

Há provas sobre a relação entre a amizade e a longevidade. De acordo com uma pesquisa desenvolvida pela professora de Psicologia da Universidade Brigham Young, dos Estados Unidos, Julianne Holt-Lunstad, há 50% mais chances de viver quando se tem uma rede social de apoio.

Não ter amigos, apontou a pesquisadora, é um fator mais relevante para a mortalidade do que a obesidade e o sedentarismo. Além disso, a amizade é capaz de prolongar a vida em até uma década. Pessoas com mais de 70 anos têm 22% a mais de chances de chegar aos 80 anos se tiverem laços fortes de amizades.

Sobre o UniCuritiba

Com mais de 70 anos de tradição e excelência, o UniCuritiba é uma instituição de referência para os paranaenses e reconhecido pelo MEC como uma das melhores instituições de ensino superior de Curitiba (PR). Destaca-se por ter um dos melhores cursos de Direito do país, com selo de qualidade OAB Recomenda em todas as suas edições, além de ser referência na área de Relações Internacionais.

Integrante do maior e mais inovador ecossistema de qualidade do Brasil, o Ecossistema Ânima, o UniCuritiba conta com mais de 40 opções de cursos de graduação em todas as áreas do conhecimento, além de cursos de pós-graduação, mestrado e doutorado.

Possui uma estrutura completa e diferenciada, com mais de 60 laboratórios e professores mestres e doutores com vivência prática e longa experiência profissional. O UniCuritiba tem seu ensino focado na conexão com o mundo do trabalho e com as práticas mais atuais das profissões, estimulando o networking e as vivências multidisciplinares.

By Mirella Pasqual

Sou jornalista formada pela Universidade Positivo. Sou mãe do Benício e de três vira-latas, o Raj, o Thor e a Mia. Minha coluna fala sobre moda, empreendedorismo e saúde! Sejam muito bem-vindos 😊

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *